Indígenas de RO voltam a protestar pedindo medicamentos e profissionais de saúde na Casai

Manifestação foi pacífica e aconteceu na Casai em Porto Velho. Primeiro protesto foi registrado em 1º de abril.

Indígenas, principalmente da etnia Karitiana de Rondônia, voltaram a protestar na sede da Casa de Apoio à Saúde Indígena (Casai), em Porto Velho, na segunda-feira (11/04). No dia 1º de abril o grupo também fez um protesto no local.

A manifestação foi pacífica e pedia melhorias e respeito nos atendimentos e decisões que envolvem a saúde dos povos indígenas.

Segundo os manifestantes, o serviço de saúde oferecido pela Casai está defasado. No polo de Porto Velho faltam medicamentos e não há profissionais suficientes para atender a comunidade.

O impasse

Em 1º de abril o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), responsável pela Casai, negou para a Rede Amazônica a falta de profissionais para atender as comunidades indígenas.

Segundo lideranças indígenas, após o protesto do dia 1º, ficou acordado que até o dia 6 de abril, as denúncias seriam analisadas e os indígenas teriam um retorno oficial do Dsei sobre o caso, mas as lideranças dizem que não receberam comunicado. Por isso, os manifestantes retornaram ao local no dia 11 de abril.

A entrada e saída de profissionais e os atendimentos seguiram ocorrendo normalmente na Casai mesmo com o protesto.

Fonte: G1 Rondônia.

Deixe o seu comentário