Ministério da Saúde é contra a inclusão no SUS de medicamento para tratamento retocolite ulcerativa

Consulta Pública recebe contribuições da sociedade civil sobre a decisão de não incorporar no SUS, o medicamento Golimumabe para o tratamento retocolite ulcerativa moderada a grave, com resposta inadequada ou intolerantes aos tratamentos convencionais já disponibilizados no SUS. A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), recebe contribuições da sociedade civil do dia 08 à 27 de dezembro de 2021.

O tema foi debatido, durante a 103ª Reunião Ordinária da Comissão, que emitiu parecer contrário a inclusão de Golimumabe para o tratamento da retocolite ulcerativa no SUS, considerando que essa incorporação não é custo-efetiva em comparação aos anticorpos monoclonais já disponíveis no SUS.

Pacientes e médicos, concordam com essa decisão? O que realmente é importante para o paciente com RCU?

O assunto está disponível na Consulta Pública nº 106, durante 20 dias, no período de 08/12/2021 a 27/12/2021, para receber contribuições da sociedade (opiniões, sugestões e críticas) sobre o tema.

Para participar com experiências ou opiniões e com contribuições técnico-científica acesse o link: https://forms.office.com/r/KERFqi4cRT.

O relatório técnico completo de recomendação da Conitec está disponível em: http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2021/20211207 _ Relatorio _ goli- mumabe _ retocolite _ ulcerativa _ CP _ 106 _ 2021. pdf.

Consulta Pública 106 – Golimumabe para o tratamento retocolite ulcerativa moderada a grave, com resposta inadequada ou intolerantes aos tratamentos convencionais já disponibilizados no SUS

Período de contribuições: 08/12/2021 a 27/12/2021

Fonte: Conitec.

Deixe o seu comentário