Médicos e pacientes apresentam ao Ministerio da Saúde, a perspectiva do uso e acesso aos biológicos no Brasil

Médicos e pacientes apresentam ao Ministerio da Saúde, a perspectiva do uso e acesso aos biológicos no Brasil

Perspectiva do acesso e uso de biológicos no Brasil, sob a ótica do especialista e dos pacientes tem voz no Grupo de Trabalho da Política Nacional de Medicamentos Biológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Cumprindo o papel democrático da construção de uma política pública, a convite da coordenação do Grupo de Trabalho da Política Nacional de Medicamentos Biológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) e Biored Brasil, participaram nessa terça-feira, dia 18 de setembro da reunião do grupo de trabalho.

A SBR, representada pelo coordenador da comissão de Biotecnologia – Dr. Valderilio Feijó, apresentou o posicionamento dos especialistas, baseado em evidências científicas. A Biored Brasil foi representada pela coordenadora Priscila Torres, que apresentou o posicionamento dos pacientes sobre a intercambialidade, troca automática e os dados da pesquisa de avaliação da assistência farmacêutica, apontando que precisamos praticar a farmacoeconomia e educação do paciente. Na ocasião foram convidados também, o Grupo FarmaBrasil, a Biomanguinhos e a Interfarma.

Lamentamos a ausência de representantes do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), ambos possuem representação oficial na Portaria GM/MS nº 1.160/2018. Conasems e Conass estão diretamente envolvidos com a gestão das farmácias de alto custo, não podemos falar em economia com biossimilares, sem avaliar a linha de cuidado da assistência farmacêutica e o uso racional de medicamentos. Precisamos fortalecer a assistência farmacêutica prestada ao usuário de medicamentos biológicos e biossimilares. Assim, como precisamos realizar no Brasil a otimização de doses e a criação de centros de terapia assistida no SUS, economizar somente com o “menor preço”, não gera valor ao SUS.

O grupo de trabalho da Política Nacional de Medicamentos Biológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), seguirá sua agenda de reuniões e estudos, com previsão de finalizar e publicar a política no últimos meses de 2018. A Biored Brasil agradece a oportunidade e segue a disposição para colaborar com os este e com outros processos de construções de políticas de acesso ao paciente.

Os documentos do GT podem ser consultados no site: www.portalms.saude.gov.br/gt-de-biologicos

A palestra da Biored Brasil pode ser consultada no arquivo abaixo.
Desafios-acesso-biologicos-Biored-setembro-2018-ilovepdf-compressed

Deixe uma resposta