Abaixo-assinado busca evitar uma politização ainda maior na incorporação de medicamentos no SUS

Uma reportagem veiculada na Folha de S. Paulo afirma que há pedidos dentro do Ministério da Saúde para substituir a diretora do Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias e Inovação em Saúde (DGITIS). Essa pressão teria surgido após a Conitec se posicionar contra o kit Covid no SUS. “Não podemos politizar ainda mais um órgão técnico, que avalia a incorporação de tratamentos na rede pública. Devemos defender a independência da Conitec”, afirma Gustavo San Martin, diretor executivo da AME e da CDD.

“A Conitec deveria ser uma instituição mais de estado do que de governo”, completa o advogado sanitarista Tiago Farina Matos, consultor em Advocacy.

O biólogo Regis Bruno Andriolo, o mais cotado para assumir o comando da Conitec segundo a reportagem, é favorável à adoção do kit Covid, que não possui evidências científicas de eficácia contra essa doença.

A AME e a CDD defendem mudanças estruturais na Conitec – teremos conteúdos sobre isso em breve! Mas o momento, agora, é o de impedir uma politização ainda maior em um órgão que influencia diretamente na vida e no bem-estar das pessoas que defendemos todos os dias. Diante disso, somos a favor da assinatura do abaixo-assinado “Em defesa da Avaliação de Tecnologias em Saúde”, justamente para evitar retrocessos em uma fase tão crítica.

Clique no link abaixo, assine – e espalhe essa informação!

Se quiser/puder ajudar ainda mais, compartilhe esse link com quem você conhece que convive com EM.

Juntos somos mais fortes!

Abraços Múltiplos,
Amigos Múltiplos pela Esclerose – AME @amigosmultiplos

Deixe o seu comentário