População denuncia falta de remédio para tratamento de esquizofrenia em hospital de Fortaleza

Familiares de pacientes relatam que há desabastecimento para quem busca remédio na unidade desde o início do mês. A Secretaria da Saúde explicou que, de acordo com informações repassadas pelo Ministério, a previsão é de regularização do fornecimento em janeiro

tipsicótico Quetiapina, para o tratamento de esquizofrenia, está em falta para quem busca caixas no Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), em Messejana, denunciam familiares dos pacientes. O remédio não estaria disponível para retirada desde o dia 1º de dezembro, conforme populares. Para quem o procura na unidade, seria informado que não há previsão de reabastecimento da medicação porque o Ministério da Saúde não teria enviado uma nova remessa. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que os pacientes internados no HSM estão recebendo a medicação normalmente.

Deixe o seu comentário