PROADI-SUS oferece 50 cursos online gratuitos para profissionais de saúde de todo o Brasil

Disponibilizadas pelo Hospital Moinhos de Vento, as capacitações são voltadas à segurança do paciente, ética em pesquisa e diretrizes assistenciais

Por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) e em parceria com o Ministério da Saúde, o Hospital Moinhos de Vento está com inscrições abertas para 50 cursos de qualificação voltados aos profissionais da área da saúde. As aulas na modalidade EaD são gratuitas e fazem parte de cinco projetos que a instituição conduz pelo PROADI-SUS – os períodos de inscrição variam de dezembro deste ano a dezembro de 2023. Os temas abordados são voltados à ética em pesquisa com seres humanos, compreensão de diretrizes assistenciais, segurança do paciente na assistência farmacêutica, medidas de inspeção em comunidades terapêuticas e práticas em serviços de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.

Conheças as iniciativas que oferecem as qualificações:

TeleUTI (Pediátrica): disponível até dezembro de 2021

Com o objetivo de utilizar a telemedicina para discussão de casos clínicos, educação a distância e treinamentos em Unidades de Terapia Intensiva, visando a sistematização do atendimento, qualificação do cuidado e redução de riscos inerentes à assistência aos pacientes críticos, o projeto TeleUTI oferece cinco cursos online sobre Suporte Básico e Avançado de vida em Pediatria, Avaliação da dor e Recomendações para Prevenção de IPCS.

Duração: De 2h a 4h.

Público-alvo: Profissionais de saúde que atuam em Unidades de Terapia Intensiva Pediátricas.

• Paciente Seguro: disponível até março de 2022

Visando implantar e qualificar o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) em instituições de saúde do Brasil, o projeto Paciente Seguro disponibiliza 11 cursos abordando Segurança do Paciente, Gestão de Riscos, Liderança e Trabalho em Equipe. Os cursos sobre Modelo de Melhoria, são os primeiros deste formato produzidos por especialistas nacionais e dentro do contexto brasileiro.

Duração: De 1h a 6h.

Público-alvo: Profissionais clínicos e não-clínicos da área da saúde, graduados em nível superior que desenvolvam ações de melhoria contínua na promoção da segurança do paciente.

• EAD ANVISA: disponível até dezembro de 2021

Em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o Hospital Moinhos de Vento disponibiliza 17 ferramentas educacionais com acesso a diretrizes que embasam as práticas de excelência de funcionamento dos serviços de saúde no país. O intuito das capacitações é orientar como devem funcionar os serviços de assistência médica tendo como base as medidas regulatórias propostas pela ANVISA, além de fornecer ao profissional total domínio da aplicabilidade das normas, portarias e resoluções que norteiam as inspeções nos diversos estabelecimentos de saúde do país.

Duração: De 4h a 6h.

Público-alvo: Profissionais assistenciais e não-assistenciais que atuam com controle de infecções ou controle do uso de antimicrobianos; profissionais que atuem no processo de inspeção de serviços de saúde, públicos e privados.

Qualificação dos Comitês de Ética em Pesquisa (Qualificação CEPs): disponível até dezembro de 2021

O projeto, elaborado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), em conjunto com o Ministério da Saúde e Hospital Moinhos de Vento, disponibiliza 13 cursos autoinstrucionais com o intuito de educar e promover o conhecimento do sistema de acompanhamento das pesquisas, composto por Comitês de Ética e Pesquisa e a Conep. O objetivo é melhorar o trabalho administrativo e a celeridade da análise ética dos CEPs para, no final, fortalecer a proteção dos participantes da pesquisa.

Duração: De 2h a 3h.

Público-alvo: Coordenadores, membros, funcionários administrativos dos CEPs e demais usuários do sistema CEP/Conep.

Diretrizes clínico-assistenciais: disponível até novembro e dezembro/2023

O desenvolvimento de diretrizes clínico-assistenciais para o processo de atendimento em saúde é essencial para uma melhor qualidade e para a padronização de rotinas médicas, além de uniformizar os procedimentos pode aperfeiçoar os cuidados de saúde e aos pacientes e melhorar a alocação de recursos na área. Para apoiar o SUS na formulação dessas diretrizes, a iniciativa oferece dois cursos de capacitação: um deles focado no desenvolvimento de diretrizes clínico-assistenciais e o outro é o Sistema GRADE (Graduação da certeza da evidência). Ambas as qualificações têm como objetivo disseminar o conhecimento e gerar recomendações para uma melhor qualidade do sistema público de saúde, com foco especial em diretrizes ao Ministério da Saúde.

O primeiro curso tem como intuito a capacitação de profissionais de saúde para a compreensão do panorama dessa temática no país, bem como avaliar criticamente os processos, desenvolver e aperfeiçoar as diretrizes existentes, incluindo os Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT). Já o curso do Sistema GRADE tem como objetivo apresentar a importância do sistema para a avaliação de certeza da evidência em diretrizes, abordando as revisões sistemáticas e avaliações tecnológicas em saúde para a tomada de decisão, além de transpor informações contidas em revisões sistemáticas paras as tabelas de sumário e perfil das evidências.

Duração: 20h.

Público-alvo: Profissionais com conhecimento em revisão sistemática ou avaliação de tecnologias em saúde, que estejam envolvidos em atividades da REBRATS ou CONITEC, incluindo membros de NATS e servidores do Ministério da Saúde. Acadêmicos, profissionais que trabalham com a temática diretrizes e ATS, gestores e público científico que se relaciona com a área.

Para mais informações, acesse edX – Moinhos de Vento (hospitalmoinhos.org.br).

Sobre o PROADI-SUS

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde, PROADI-SUS, foi criado em 2009 com o propósito de apoiar e aprimorar o SUS por meio de projetos de capacitação de recursos humanos, pesquisa, avaliação e incorporação de tecnologias, gestão e assistência especializada demandados pelo Ministério da Saúde. Hoje, o programa reúne seis hospitais sem fins lucrativos que são referência em qualidade médico-assistencial e gestão: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Hcor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês. Os recursos do PROADI-SUS advém da imunidade fiscal dos hospitais participantes. Os projetos levam à população a expertise dos hospitais em iniciativas que atendem necessidades do SUS. Entre os principais benefícios do PROADI-SUS, destacam-se a redução de filas de espera; qualificação de profissionais; pesquisas do interesse da saúde pública para necessidades atuais da população brasileira; gestão do cuidado apoiada por inteligência artificial e melhoria da gestão de hospitais públicos e filantrópicos em todo o Brasil. Para mais informações sobre o Programa e projetos vigentes no atual triênio, acesse o portal dos Hospitais PROADI-SUS.

Fonte: Assessoria de imprensa.

Deixe o seu comentário