Seja o autor de sua saúde: perguntas que todo paciente deve fazer ao comprar seus medicamentos

Alguma vez você já chegou no balcão da farmácia e não se sentiu seguro com as informações que o atendente ou o farmacêutico passou para você? Não saia com dúvidas! Entenda a importância de ser o autor de sua saúde.

Com o receituário em mãos muitos pacientes não procuram tirar suas dúvidas, nem com o médico, nem com o farmacêutico, e esse é apenas um dos fatores que podem levar a falhas durante o tratamento. Por isso, o paciente ou quem cuida dele deve estar atento as seguintes informações:

1.Confira se o seu receituário está legível e se você consegue entender qual o nome do(s) seu(s) medicamento(s);

2.Pergunte aos profissionais que lhe acompanham para que serve cada medicamento e assim entenda como ele é importante para tratar a sua condição;

3.Confira em seu receituário também se está descrito a forma de utilização: por quanto tempo será o tratamento, os horários para tomar seu medicamento e a quantidade. Em caso de dúvidas, procure sempre seu médico ou seu farmacêutico, eles podem lhe auxiliar inclusive para encontrar os melhores horários de uso dos medicamentos;

4.Sempre questione o que deve ser feito caso você esqueça de tomar o seu medicamento;

5.Pergunte também quais são os efeitos esperados;

6.Fique atento às orientações do que não se pode fazer durante o tratamento como, ingerir bebidas alcoólicas, dirigir ou operar máquinas e utilizar outros medicamentos que não estão na prescrição;

Por fim, lembre-se: ao entender como funciona e qual o objetivo do seu tratamento, o risco de erros e equívocos diminui, contribuindo para que a sua recuperação ocorra da melhor forma possível.

Acesse o canal da Discamed no g1 e fique por dentro de mais dicas de saúde.

Fonte: G1/Discamed.

Deixe o seu comentário